(17) 98146 8931

 
Frio intenso dá as caras em Rio Preto e região

Rio Preto amanheceu fria neste último sábado, 11. Segundo a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), os termômetros marcaram 9,9 graus às 7h e fizeram os rio-pretenses tirarem os casacos do armário para sair de casa. Fez mais frio ainda em cidades como Catanduva, Votuporanga e Populina - nesta última, os termômetros chegaram a 3,9 graus.

De acordo com a previsão para os próximos dias, o clima gelado na cidade dá uma trégua, mas depois volta com tudo. O Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) prevê mínima para este domingo, 12, Dia dos Pais, de 13 graus. Na segunda-feira, 13, e na terça-feira, 14, a mínima será de 14 graus e 17 graus, respectivamente. Porém, a partir de quarta-feira, 15, as temperaturas voltam a cair para a mínima de 13 e 10 graus na quinta e sexta-feira. Na região, a tendência é a mesma.

O Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou 5,6 graus em Votuporanga e 8,8 graus em Catanduva, durante a madrugada deste sábado. Ambas as temperaturas ficaram entre as sete mais baixas do Estado.

Já a cidade de Populina ficou com o título de menor temperatura de toda a região. O município, que fica a 174 quilômetros de Rio Preto, marcou 3,9 graus às 6h46, a menor de todo o ano, até o momento, de acordo com a estação agrometeorológica local, mantida pela Universidade Estadual Paulista (Unesp).

Segundo o Instituto de Pesquisas Meteorológicas (IPMet), a massa de ar mais fria e seca permanece atuando no Estado de São Paulo, mantendo o céu com poucas nuvens, sem chuva. Assim, a região deve seguir com temperaturas baixas, especialmente entre os períodos da noite e início da manhã, mas com o tempo aberto.

Em relação à umidade relativa do ar, Rio Preto variou entre 86% e 29% neste sábado, sendo o maior pico registrado às 7h e o menor às 16h. A Organização Mundial da Saúde (OMS) considera entre 20% e 30% estado de atenção.

Neste ano, a temperatura mais baixa registrada em Rio Preto foi de 8,6 graus, no dia 21 de maio.

Mais frio, menos poluição

Para José Mário Ferreira, engenheiro da Cetesb, apesar do frio, o ar está bom para o rio-pretense respirar. "Como tivemos o encerramento do período de seca, depois de mais de 70 dias sem chuvas, a qualidade do ar está boa para nós. Então, mesmo com esse clima frio, não influencia na qualidade do ar. Assim podemos respirar melhor, mesmo com a temperatura baixa", afirmou.

Fonte: Diário da Região 


Agora na Rádio

Camera Estúdio

Curta Nossa Página

Enquete
Qual o tipo de música você gosta ?
Dance e Eletronica
Sertanejo , Forró e Pagode
Romantica nacional e internacional
Rock nacional e internacional
Outros Ritmos
Ver resultados

As mais pedidas
1
Moda Derramada
João Neto e Frederico
2
Eu Vou Morrer
Gustavo Lima
3
Farra, Pinga e Foguete
Bruno & Barreto
4
Chuva de Arroz
Luan Santana
5
Balada Prime
Cristiano Araujo
6
Made In Roca
Loubet
7
Pra Que Juízo
Henrique & Juliano
8
Sapequinha
Eduardo Costa
9
Agora é Pra Valer
Joao Lucas & Marcelo
10
Camarote
Wesley Safadão

Estatisticas
Hoje: 2
Esta Semana: 4
Este Mês: 39
Total de Acessos: 593
 
 
  Web Radio Arena 106 - Todos os Direitos Reservados   PAGE UP SOLUTIONS Streaming e Hospedagem